Dica de Filme: No Limite do Amanhã



 Procurando por um filme bacana de ação e ficção cientifica me deparei com No Limite do Amanhã, ultimo filme (até o momento) do homem que nunca para de correr, Tom Cruise.

 O filme conta com a direção de Doug Liman (dirigiu filmes como Jumper e A Identidade Bourne) e trata-se de uma adaptação da obra de Hiroshi Sakurazaka.



 O titulo original da obra se chama All You Need is Kill, escrita pelo Hiroshi Sakurazaka e com a arte de Yoshitoshi ABe, o roteiro do mangá e do filme é praticamente o mesmo, a maior alteração vem por conta do protagonista, além é claro de mudar o nome, no original o personagem se chama Kiriya Keiji, já na versão do cinema o personagem é William Cage.

  A obra original foi lançada em Janeiro de 2004 já o filme estreou em junho de 2014.

Obra original

 No Limite do Amanhã (Edge of Tomorrow no original) narra a historia de um futuro apocalíptico em que por cinco anos a humanidade esteve em guerra com uma raça alienígena conhecida como Mimetizadores, após inúmeras derrotas esta raça tomou conta de praticamente toda a europa, foi criado a United Defense Forces (Forças de Defesa Unidas, ou UDF na sigla em inglês) mas isso não impediu a raça alienígena de continuar vencendo, foi somente em Verdun na frança que a UDF conseguiu sua primeira grande vitoria com a ajuda de exoesqueletos chamados de Jackets.

 Confiantes da próxima vitoria contra os Mimetizadores o comandante da UDF convoca o major William Cage (Tom Cruise), assessor de imprensa do exercito para filmar os eventos da batalha, após o major recusar o convite e tentar chantagear o comandante ele é mandado para o campo de batalha para lutar frente a frente contra os Mimetizadores.

 A batalha foi um fracasso total para os humanos e o major William Cage acaba sofrendo algum tipo de maldição que sempre que é morto retorna para o dia antes da grande batalha, sendo assim ele é confinado a morrer todas as vezes que entra em combate, sem conseguir fugir ou sobreviver, dia após dia ele sempre é morto novamente pelos alienígenas.

 No entanto o major William Cage acaba conhecendo a herói de guerra Rita Vrataski (Emily Blunt) que no passado havia recebido as mesmas habilidades de voltar no tempo.


As cenas de ação são fantásticas

 O filme é fantástico, mais uma vez Doug Liman não me decepcionou, as cenas de ação são muito, muito boas, a ideia do protagonista sempre voltar no tempo não torna o filme repetitivo, pelo contrario, é incrível ver como o personagem encarando a guerra inúmeras vezes o vai transformando de um medroso para uma máquina de guerra.

 A angustia que William Cage sente ao ver Rita Vrataski morrer todos os dias é muito bacana também, ao mesmo tempo que o major começa a se envolver com a Rita, ele a vê morrer milhares de vezes.

 Para quem curtiu filmes como Circulo de Fogo e Elysium vai com certeza adorar este filme, vale a pena conferir e com certeza um dos melhores filmes de 2014.

 Trailer do filme: