Dica de Filme: RoboCop (1987)


 Ele é metade homem, metade máquina e completamente frustado por não ter uma sequencia que fez jus ao seu primeiro titulo, ele é RoboCop, O policial do Futuro.

 RoboCop sem dúvidas é um dos meus filmes prediletos da década de 80 e envelheceu muito bem, com uma narrativa brilhante mostrando uma visão sarcástica e sangrenta de uma Detroit futurista.


"Dead or alive you're come with me"

 Lançado em 1987 o filme teve fortes influencias dos quadrinhos, suas principais influencias foram o Juiz Dredd, personagem criado para a revista britânica 2000 AD em 1977, o visual se assemelha muito dos personagens, assim como a Detroid do filme é uma clara inspiração a Mega City, a violenta e conturbada cidade onde o Juiz Dredd impõe sua força.

 Outra grande inspiração são as HQs do Frank Miller, o Cavaleiro das Trevas, toda a linguagem visual do filme mostrando os canais de televisão por exemplo vieram desta HQ que saiu um ano antes, em 1986.

ED-209

 Se por um lado o filme teve inspirações explícitas ele também teve seu crédito pela originalidade e ousadia, o filme narra um futuro absurdamente violento e corrupto, a policia agora pertence a uma empresa chamada OCP, diariamente policiais são mortos em serviço então a empresa tenta um novo recurso, um robô policial, então foi criado o ED-209, no entanto a máquina perde o controle e acaba assassinando um executivo da OCP durante sua apresentação, surge então uma nova proposta: um robô que fosse metade humano metade máquina, eles só precisavam agora de um policial morto em combate para iniciar o projeto, numa cidade tão perigosa isso não seria difícil.

 O oficial Alex Murphy (Peter Weller) é morto em serviço e seu corpo serviu como experimento para criar o Robocop e o projeto foi um sucesso, no entanto o que parecia ser apenas uma máquina, pouco a pouco Murphy vai retomando suas lembranças e tentando se tornar mais humano.

No futuro as TVs de tubo vão voltar a fazer sucesso

 Para quem já assistiu Dexter provavelmente notou que na quinta temporada o ator Peter Weller fez uma participação no seriado (se quiser saber mais sobre a Serie de TV clique aqui), o ator também participou do último filme da franquia Star Trek, lançado em 2013.

 Robocop já participou de praticamente todo tipo de mídia existente, o filme gerou duas sequências e um remake nos cinemas, uma Serie de TV, um desenho animado, já foi citado em músicas (como aquela dos Mamonas Assassinas), comerciais de TV, videogames (o jogo que mais me recordo foi o do NES no qual me orgulho de ter o cartucho original aqui), milhões de brinquedos e claro, quadrinhos, muitos quadrinhos, inclusive crossovers com outros personagens como o Exterminador do Futuro e o Lobo.

Robocop tem muitas HQs mesmo

 O que parecia ser uma ideia idiota se tornou numa máquina de fazer dinheiro, o filme que tem a direção de Paul Verhoeven (também dirigiu O Vingador do Futuro, o original) e os roteiros de Edward Neumeier e Michael Miner, foi distribuído pela Metro-Goldwyn-Mayer (a do leão que fica rugindo ROooAaarr no começo do filme), custou 13 milhões de dólares e faturou quase 54 milhões.

 Ganhou um Oscar de melhor efeitos sonoros, no Metacritic possui uma nota de 67 e no Rotten Tomatoes 88.

 Um excelente filme que infelizmente ainda não teve nenhuma sequencia que se igualou, vale a pena conhecer.