Jogue Agora: Kirby's Dream Land


 Kirby é talvez o personagem mais injustiçado da Nintendo, ta, eu sei que é difícil levar uma bolinha rosa a sério, apesar da jogabilidade simples e intuitiva Kirby pode agradar novos e velhos jogadores, isso se deixarmos nosso preconceito de lado, para facilitar isso vamos para um jogo que o Kirby nem era rosa ainda, afinal estamos falando do Game Boy clássico!


"50 Tons de Kirby" piada da minha namorada Carol Becker

 O personagem foi criado por Masahiro Sakurai (também criador da franquia Super Smash Bros), Masahiro criou Kirby quando tinha apenas 19 anos, este jogo foi o primeiro game em que a bolinha rosa (não era rosa ainda nesta época) apareceu.

 O jogo é bem simples, Masahiro Sakurai quis criar um jogo que pudesse ser jogado por jogadores novatos e experientes, a campanha é bem curta também, são 5 fases e em mais ou menos 30 minutos da pra completar o jogo inteirinho.

King Dedede é o Boss final

  Apesar das limitações do Game boy clássico o jogo consegue ser bacana e ter um visual muito bonito, é um pouco irônico que o jogo mais colorido da Nintendo começou em uma plataforma que não tinha cores, mas isso não atrapalha nem um pouco a diversão, os controles respondem bem e a jogabilidade é o ponto forte, alias este na minha opinião sempre foi o maior ponto que a serie Kirby teve: uma jogabilidade precisa e viciante.

 Kirby's Dream Land foi um dos jogos mais vendidos do Game Boy, apesar no ocidente o personagem não fazer tanto sucesso assim no oriente o personagem é a maior febre, existe desenhos japoneses, brinquedos e diversos itens do personagem por aquelas terras, os japoneses adoram coisas fofinhas.