Doctor Who: Review da 8 Temporada


 E se foi mais uma temporada de Doctor Who, a oitava introduziu Peter Capaldi como a mais nova reencarnação do Doctor, a quarta encarnação desde o retorno da serie (quinta se considerar o John Hurt no especial de 50 anos), Jenna Coleman continuou como Clara Oswald a atual companion do Doctor e ótimos episódios foram apresentados nessa temporada que estreou no final de 2014.


 Lembrando que esta postagem é recheada de spoilers portando se não assistiu ainda a oitava temporada e quiser continuar lendo está por total conta  e risco, ok?

Spoiler Alert

 O começo de temporada mostrou um Doctor completamente desorientado após sua regeneração, além de pedaços de seu passado estarem obscuros o Doctor se questionou durante toda a temporada se ele é um Doctor bom ou mal, inclusive o publico se perguntou o que tinha acontecido com o Doctor, nesta regeneração ele esta mais duro e insensível, muitas vezes ele não parece se importar com as pessoas, sempre ficou a duvida se ele realmente não se importava ou apenas demonstrava isso.

 A relação entre o Doctor e a Clara se mostrou mais instável o que pode ser indícios que a companion permaneça no máximo até a nona temporada, com o Doctor mais firme e com uma aparência mais velha os dois tiveram uma relação muito semelhante de pai e filha.

Yes Sir!

 Nessa nova temporada fomos apresentados também a Danny Pink (Samuel Anderson), que na minha opinião sua participação elevou o nível da temporada para outro patamar, Danny é um ex-militar que se tornou um professor de matemática na escola Coal Hill (essa escola foi aonde a neta do Doctor estudou, isso na primeira temporada da serie clássica de DW).

 Danny e Clara se tornam namorados e o Doctor desaprova firmemente, sua desculpa é por Danny ter sido um militar e ele sempre demonstrou não gostar dos militares, mas na verdade o Doctor se encontra no papel de "pai coruja" que tem medo da filha se relacionar, isso é mais comum do que se imagina.

 No decorrer da temporada Danny e o Doctor vão aprendendo a se respeitarem e de certa forma até mesmo tolerarem um ao outro, ao contrario do relacionamento com Clara que devido a falta de sinceridade e mentiras dela o professor sofre (e muito), seu final não poderia ser mais trágico e que acabou rendendo um season finale excelente e também recheado de choros.

Fim de temporada mais triste de todos

 Os Daleks como sempre estiveram presentes na temporada, o season finale marcou o retorno dos Cybermen e do Master que dessa vez reencarnou em um corpo feminino (?), novos tipos de alienígenas e robôs surgiram nessa temporada, até mesmo Robin Hood e Papai Noel (no especial de natal) marcaram presença, uma temporada que mesclou bastante coisa, o drama e aventura deram muito certo mas o humor do David Tennant e do Matt Smith parece que ficou meio de lado.

 Peter Capaldi no começo era bem antipático mas da segunda metade da temporada em diante ele começa a ganhar mais carisma, ainda sim ele não consegue superar o charme que seus dois antecessores tiveram, a serie não esta pior mas há um sentimento que falta alguma coisa pra estar completo.

Doctor e sua Tardis

  Tudo indica que a 9 temporada será ainda melhor, o Peter Capaldi parece mais a vontade agora no papel de Doctor, Master irá retornar e além de vilões clássicos novos personagens serão acrescentados na serie, Peter Calapdi também teve a honra estrear um painel na San Diego Comic-Con este ano, a primeira vez que DW tem um painel na maior feira de cultura pop do planeta, foi bem modesto porque ninguém esperava que tivesse um publico tão grande lá, Doctor Who vem cada vez mais ganhando espaço nos Estados Unidos e aqui no Brasil também.

 Trailer da 9 temporada de Doctor Who: