Dica de Filme: O Espetacular Homem-Aranha


 Quando anunciaram o reboot do Homem-Aranha nos cinemas eu fui muito pessimista, o terceiro filme do cabeça de teia havia sido lançado em 2007 e sete anos depois teriamos mais um filme para contar a origem do personagem? Acontece que eles destruiram tanto o personagem que sim, era necessário ter um reboot.


 Caso queira dar uma lida na resenha de O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro clique aqui.

Essa cena parece muito com capa de quadrinhos

 O Espetacular Homem-Aranha foi lançado em 2012, o filme teve a direção de Mark Webb que teve boa parte da sua carreira produzindo videoclipes musicais, seu unico filme antes de ter dirigido O Espetacular Homem-Aranha foi 500 dias com ela, um diretor sem muita experiência que acabou trazendo alguns furos terríveis para este filme e que tornaram ainda mais agravantes na sequência.

 Andrew Garfield faz o papel de Peter Parker / Homem-Aranha, Emma Stone interpreta Gwen Stacy, primeiro interesse romantico de Peter Parker nos quadrinhos, Martin Sheen é nosso querido Tio Ben Parker, Sally Field interpreta a Tia May e Rhys Ifans faz o papel do cientista Curt Connors, o Largato, vilão deste filme.

Stan Lee como bibliotecário

 O filme teve algumas alterações na história do Homem-Aranha que não agradou a grande maioria dos fãs, conhecemos os pais do Peter Parker, o pai do garoto era um cientista que trabalhava junto com o Curt Connors na Oscorp, no entanto houve algum problema em que ele e sua esposa precisaram fugir, deixando assim Peter Parker aos cuidados de seus tios.

Curt Connors está trabalhando na Oscorp tentando desenvolver uma vacina usando crusamento genético para poder salvar Norman Osborn (que esta doente) e criar um novo braço para si, Gwen Stacy trabalha como estagiaria na Oscorp junto com o Dr Connors que por sua vez trabalhou com o pai de Peter que é apaixonado por Gwen.... bla bla bla, enfim o roteiro é muito amarrado e sempre uma coisa acaba ligando a outra, quando é bem executado é ótimo mas neste filme não funcionou muito bem.

 Essa história do pai do Peter Parker ter sido um grande cientista da Oscorp não me convence, é forçar a barra demais.

Peter e Gwen

 A narrativa é bem fraca, os personagens são mal construidos e há muitos furos na história, bem, o que este filme tem de bom? Fácil de responder! Andrew Garfield faz um excelente papel de Peter Parker e melhor ainda como Homem-Aranha, como Peter ele consegue ser aquele nerd pouco mais descolado como nos quadrinhos do Amazing Spider-Man, e como Homem-Aranha ele consegue ser muito engraçado e carismatico, lembrou muito os quadrinhos, diferente do Tobey Maguire que só sabia agir como um pateta.

 Na minha opinião colocaram drama demais no enredo, eu não curti isso, o que realmente é bacana no filme é o Homem-Aranha tirando sarro com os bandidos, as cenas de ação são bem legais e mesmo com tantos e tantos defeitos, este é o melhor filme do cabeça de teia até então.

 O filme teve um orçamento de 230 milhões de dolares e faturou quase 760 milhões, um filme bem rentável mas não chegou nem perto do lucro que qualquer filme da trilogia "clássica" conseguiu (o primeiro faturou 821 milhões, 783 para o segundo e o terceiro apesar de muito criticado faturou 890 milhões de dólares).