Dica de Filme: Planeta Hulk


 A pouquissimo tempo eu cheguei a fazer uma resenha sobre o quadrinho Planeta Hulk (caso queira dar uma olhada clique aqui), chegou a vez de analizar a animação baseada neste quadrinho e comentar algumas diferenças.

 O longa Planeta Hulk foi lançado em fevereiro de 2010 diretamente para home video, esta animação havia sido anunciada um ano antes durante a San Diego Comic-Con, os roteiros são de Greg Pak (mesmo roteirista dos quadrinhos Planeta Hulk e Hulk Contra o Mundo) e a direção ficou por conta de Sam Liu.

 Uma curiosidade bacana sobre esta animação é que a capa do filme foi desenhada pelo grande Alex Ross, um dos maiores desenhistas de quadrinhos da atualidade e proprietario de traços muito realistas e bem feitos, entre seus trabalhos mais notaveis estão Marvels, LJA: O Reino do Amanhã, Superman: Paz na Terra, LJA: Liberdade e Justiça, entre outras (falarei sobre alguns destes quadrinhos em breve no 54Cores).

A gangue do Hulk

 O plot da animação é o mesmo que nos quadrinhos, no entanto o desenrolar e desfexo da história é completamente diferente, portanto se quiser saber o enredo da história da uma olhada na postagem que fiz sobre o quadrinho (clica aqui), vou focar aqui em comentar as diferenças entre cada uma.

 Alguns personagens que apareceram no quadrinho foram ignorados na animação ou substituidos, como é o caso do Surfista Prateado, o personagem é uma peça chave fundamental no desenrolar da história e na animação ele foi substituido por um asgardiano generico, eu sei que a Fox tem os direitos do Surfista Prateado e do Quarteto Fantástico, no entanto estes direitos são apenas para os filmes, o que a Marvel tem feito é ignorar estes personagens, assim como ela decidiu encerrar as publicações dos quadrinhos do Quarteto a fim de uma forma ignorante, tentar forçar com que a Fox desista das propriedades intelectuais e devolva para a Marvel.

Asgardiano generico levando porrada

 A história dos espinhos e do Miek são muito pouco exploradas, o relacionamento do Hulk com a Caiera também é bem superficial, para uma animação da Marvel está até bem feita mas não se compara as animações que são produzidas pela DC, as cenas de ação são bacanas, e o desenrolar da história é bem rapido, em poucos minutos de animação o Hulk já esta na arena distribuindo porradas.

 Planeta Hulk recebeu uma nota de 87% pela audiencia no site Rotten Tomatoes, a animação é bem bacana, não supera os quadrinhos nem chega a ser uma obra de arte, mas ainda sim consegue ser divertido e vale a pena conhecer.