Dica de Filme: Rocky II


 Após o confronto épico entre Rocky Balboa (Sylvester Stallone) e Apollo Creed (Carl Weathers) e o sucesso tremendo que o primeiro filme fez era evidente que a história do pugilista da Filadélfia deveria continuar, e não demorou muito para sair, em 1979 chegava aos cinemas Rocky II (no Brasil recebeu o título de Rocky II: A Revanche).

 Sylvester Stallone foi o diretor, roteirista e também protagonista do filme, novamente com um orçamento curtissímo o filme foi um sucesso de bilheteria, custou 7 milhões de dólares para ser produzido e faturou mais de 200 milhões de dólares.

A Revanche

 Após o primeiro confronto ter terminado em empate muitos fãs do Apollo começaram a lhe criticar por não ter nocauteado o boxeador que até então era um total desconhecido, Apollo então se ve na obrigação de desafiar Rocky Balboa mais uma vez para provar para todo mundo que ele é o maior boxeador em atividade.

 Rocky e Adrian (Talia Shire) se casam e Rocky acaba criando diversas dívidas, forçando o "Garanhão Italiano" a entrar mais uma vez no ringue para desafiar Apollo "O Doutrinador".

Rocky, Adrian e Rocky Jr.

 O filme apesar de não ter sido tão bem receptível como o primeiro na minha opinião evoluiu muito, as motivações do Rocky e a atuação do Sly estão mais intensas, Mickey (Burgess Meredith) que parecia no primeiro filme apenas querer pegar carona no sucesso do Rocky se provou um grande instrutor e amigo, até mesmo aconselhando Rocky a não lutar mais preucupado com a saude do seu pupilo.

 O treinamento do Rocky é ainda mais intenso e motivador, agora ele precisará enfrentar Apollo Creed que dessa vez dará o máximo de si, sendo que no primeiro confronto o pugilista acabou subestimando Balboa em boa parte da luta.

Essa cena é muito foda

 Rocky II não é muito original, no entanto todos os elementos que funcionaram no primeiro filme foram brilhantemente executados nessa continuação, um dos melhores filmes da serie sem sombra de dúvidas e que vale muito a pena conhecer.