Vampirella Vive, Quadrinho com Muito Sangue

 Recentemente eu fiz uma grande compra em um sebo, entre os quadrinhos que adquiri estava Vampirella Vive, o motivo de ter comprado o quadrinho era a roupa cur... queria ler algum quadrinho diferente, fugir um pouco da minha rotina de DC e Marvel, o encadernado reúne uma minissérie em 3 partes, bom para quem nunca leu nada da personagem, assim como eu.


vampirella vive

 Vampirella é uma personagem bem antiga, criada em 1969 por Forrest J. Ackerman, infelizmente nunca ganhou muito espaço aqui no Brasil, a vampiresa até chegou a ganhar revistas mensais mas nunca foram muito longevas e não demorou muito para cair no esquecimento.

 Vampirella é filha de Lilith, a primeira esposa de Adão que após ser expulsa do paraíso foi condenada ao inferno aonde gerou vários demônios, entre eles os vampiros, Vampirella, a filha predileta de Lilith tem o dever então de corrigir os pecados da mãe, lutando contra as criaturas noturnas e salvando a humanidade, vale citar que essa é a origem atual da personagem, antigamente ela era uma descendente do planeta Drakulon, aonde todos os seres eram vampiros, para Vampirella Vive considere o enredo atual.

vampirella vive
Vampirella voltando dos mortos
 Os roteiros são de Warren Ellis (Hellblazer, The Authority), os desenhos da Amanda Conner (Power Girl) e a arte final de Jimmy Palmiotti, além da minissérie Vampirella Vive (Vampirella Lives no original) há ainda uma outra história que narra o relacionamento de Vampirella com sua mãe Lilith.

 O enredo é bem simplório mas ainda sim é divertido, apesar da falta de roupa da personagem o quadrinho não é apelativo, há algumas partes em que a personagem abusa do seu poder de sedução mas é justificável pelo roteiro, não é gratuito, vale lembrar que a personagem foi criada na década de 60, uma época em que os quadrinhos eram bem machistas, com mulheres com pouca roupa e homens com portes físicos de fisiculturista.

 Quem nunca leu nada de Vampirella não vai ter dificuldade de compreender a narrativa, digo isso por experiência própria, como não é tão comum encontrar quadrinhos de vampiros vale a experiência, principalmente para quem quer buscar algo de diferente.