Arrow: Analise da Quarta Temporada (Com Spoilers)

 E terminou mais uma temporada de Arrow, o seriado que foi fortemente criticado durante sua terceira temporada prometeu grandes mudanças, a quarta temporada foi sim melhor que sua antecessor no entanto a serie e continuou deixando a desejar.



 Um dos maiores defeitos de Arrow na minha opinião foi sempre copiar o Batman, é até ofensivo os criadores da serie se inspirarem no morcego ao invés de se basearem nos quadrinhos do próprio Arqueiro Verde, os produtores prometeram uma temporada mais humorada e com um Oliver Queen mais parecido com os quadrinhos, não aconteceu, as cópias baratas de Batman perduram por toda a temporada da serie.

 O grande vilão da temporada é Damien Darhk, ex membro da Liga das Sombras e atual membro da Colmeia, sim, o mesmo grupo que supostamente encomendou a morde do irmão do John Diggle, na verdade o Andy estava vivo o tempo inteiro e trabalhando para a Colmeia, mais uma tentativa frustada de fazer uma reviravolta no roteiro, muito clichê e sem importância alguma.

Damien Darhk
 A quarta temporada de Arrow explora bastante a magia, além de Damien Darhk usando seus poderes para conquistar seus objetivos a serie trouxe até mesmo John Constantine, o mesmo ator daquela serie decepcionante que foi cancelada na primeira temporada, uma dica para quem quer conhecer mais sobre o Constantine, leia os quadrinhos e não perca tempo em series ou filmes, nunca vai sair nada bom dai (e leia Hellblazer da Vertigo, não o Constantine da DC, esse não presta).

 Stephen Amell (ator que interpreta Oliver Queen na serie) comentou recentemente que preferia a serie quando ela era mais realista, eu até concordo com ele, há agora tantos vigilantes lutando junto com o Arqueiro Verde que da até pra assistir as cenas de ação ouvindo a música tema dos Power Rangers de fundo.

Batman e Oraculo
 A quarta temporada de Arrow teve seus momentos "trágicos", Laurel Lance morre, a essa altura quem se importava com ela ainda? Eu gostava muito da personagem quando ela era uma advogada, depois que ela assumiu o manto de Canário Negro a personagem foi totalmente descaracterizada, Laurel estava totalmente deslocada no roteiro e sua morte mais me pareceu uma desculpa para tirar a personagem de cena, afinal ela já não tinha mais importância alguma para o seriado.

 Felicity Smoak foi baleada e perdeu o movimento nas pernas, agora temos o casal Oliver Queen que é uma cópia barata do Batman e Felicity Smoak uma cópia da Barbara Gordon, no entanto pouquíssimos episódios depois um funcionário dela inventa um chip milagroso que a faz voltar a andar, não sei como ainda não criaram a cura para o câncer...

 Arrow era uma serie que tinha defeitos, hoje é uma grande defeito que tem uma serie, pra mim já deu e Arrow é uma serie que não vou mais acompanhar, preciso ocupar meu tempo lendo quadrinhos, jogando, indo ao cinema e escrevendo para o Blog, Arrow foi um verdadeiro desperdício de tempo, se quiser ver alguma serie da DC veja Flash, todo o resto é dispensável, conselho de amigo.