Coringa: Advogado do Diabo

 Já vi diversas listas de melhores quadrinhos do Coringa no entanto Coringa: Advogado do Diabo nunca está entre elas, acredito que seja porque o quadrinho não teve a devida atenção do publico, a obra é genial e com certeza você precisa ler também.


 Coringa: Advogado do Diabo (Joker: The Devil's Advocate no original) é escrito por Chuck Dixon e desenhado por Graham Nolan (ambos trabalharam em Batman: A Queda do Morcego), a arte final ficou por conta de Scott Hanna e as cores com Pat Garrahy.

 Uma coleção de selos com imagens de comediantes famosos foi sabotada com a toxina do Coringa, o vilão é então preso e condenado a cadeira elétrica no entanto tudo não passa de uma grande armação para colocar a culpa no palhaço, Batman é o único que pode livrar seu arqui-inimigo da cadeira elétrica mas há um grande dilema: ele realmente deve salvar a vida do psicopata?

:p

 O quadrinho possuí argumentos fantásticos, há menções a Piada Mortal e Morte na Família o que torna todo o dilema do Batman mais denso, os personagens e os leitores também se veem no meio do muro, Batman realmente deve salvar o Coringa? Afinal de contas mesmo ele sendo inocente neste crime ele cometeu diversos e se não for parado cometerá muitos outros, fazer o certo neste caso não é o melhor a se fazer.

Coringa se mostra completamente insano perante a situação, suas ações são imprevisíveis e sádicas, o que torna a investigação do Batman ainda menos honrosa, é justo desejar que alguém morra por um crime que não cometeu mesmo que esta pessoa mereça? Você também estará no muro quando ler este quadrinho.

 O desfecho é espetacular e muito bem planejado, Coringa: Advogado do Diabo é um quadrinho tão genial quanto Coringa do Brian Azzarello ou Piada Mortal do Alan Moore, para quem quer ver o lado detetive do Batman ou a insanidade do vilão não vai se decepcionar com essa obra.

 E boa leitura a todos.