Justiceiro Max: Frank (Crítica)

 Finalmente o terceiro encadernado do Justiceiro Max chegou! O quadrinho do selo adulto da Marvel agora terá como foco o passado de Frank Castle e fechar algumas pontas que ficaram soltas em Justiceiro Max: Mercenário (segundo volume dessa serie).




 Justiceiro Max (Punisher Max no original) é uma serie do selo Max da Marvel que teve ao total 22 edições, cada encadernado da Panini traz 5 ou 6 capítulos dessa serie, ou seja, depois de Justiceiro Max: Frank teremos apenas mais um encadernado.

 O quadrinho é escrito pelo Jason Aaron (Thor Nova Marvel) e desenhado pelo Steve Dillon (Preacher), o quadrinho é recheado de humor negro e violência em excesso, não preciso dizer que esse quadrinho não vai agradar a todos não é mesmo?

 Fazendo um panorama rápido para quem ainda não leu os dois primeiros encadernados o quadrinho narra a guerra do Justiceiro contra o crime organizado, sendo que o anti herói já esta mais de 30 anos em ação, o primeiro encadernado mostra a ascensão do Wilson Fisk se tornando o Rei do Crime e o segundo mostra o Mercenário tentando matar o Justiceiro, da pra ver que essa serie o Frank Castle andou roubando o elenco do Demolidor né?


 Frank Castle após lutar contra o Mercenário ficou com sua vida por um fio, agora na prisão o ex-fuzileiro precisa se recuperar enquanto todos os detentos estão colocando sua cabeça a premio, nesse meio tempo Frank Castle começa a relembrar seu passado de quando voltou da guerra para sua família.

 O quadrinho é muito feliz em comparar o Justiceiro na prisão com Frank Castle se sentindo "preso" na sua vida normal, Castle estava infeliz ao lado da esposa e filhos e não conseguia se adaptar ao ambiente, estava preso em seu passado como fuzileiro e o assassinado da família não foi o que o fez enlouquecer, e sim o que o libertou.

 Justiceiro Max: Frank é brilhante, o enredo conseguiu superar muito os dois volumes anteriores (que já eram excelentes), lendo esse quadrinho você consegue entender um pouco melhor como o Justiceiro é desregulado, um psicopata que estava preso em uma gaiola e que após a morte da sua família nada mais poderia segura-lo de começar uma guerra.

 Justiceiro Max: Rei do Crime esta difícil de achar, já este e o segundo da pra comprar com maior tranquilidade mas não recomendo demorarem muito, afinal é um material que dificilmente será republicado tão cedo.

 Comprei o primeiro volume em um sebo sem nenhuma pretensão e acabei ficando apaixonado pela serie, recomendo muito para quem curte histórias com muita violência e humor negro.