Liga da Justiça / Vingadores (Crítica)

 Reunir os campeões da Marvel e da DC Comics é no mínimo digno de despertar sua curiosidade, ao longo dos anos as duas editoras fizeram alguns crossovers mesclando seus personagens, vamos falar da minissérie de 4 edições que reuniu os Vingadores e a Liga da Justiça entre 2003 e 2004.



 LJA/Vingadores conta com os roteiros de Kurt Busiek (Marvels) e desenhos do George Pérez (Crise nas Infinitas Terras).

 No enredo um alienígena chamado Krona viaja pelo universo em busca de descobrir a verdade sobre a criação de tudo, seus métodos são questionáveis e ele é capaz de destruir tudo para conquistar suas respostas, ele é então interceptado por uma criatura celestial conhecida como Grão-Mestre que faz uma aposta com ele, caso Krona vença ele será levado a presença de Galactus, o único ser capaz de lhe prover suas respostas, Krona usa os Vingadores como seus peões enquanto o Grão-Mestre usa a Liga da Justiça a fim de proteger seus interesses, então os dois times entram em uma grande disputa sendo manipulados pelos propósitos das duas entidades cósmicas.


 Confesso que a principio o desenrolar da história é muito bobo e clichê, no entanto quando os heróis param de trocar tapas e a história realmente engrena as coisas evoluem muito, como de praxe em crossovers com muitos personagens diversas páginas são confusas e demandam muita dedicação para pegar todos os detalhes, quem for um apreciador das duas editoras a longo prazo pode aproveitar com muito mais gosto o quadrinho, afinal é humanamente impossível apresentar tantos personagens em tão pouco tempo.

 Além de ser interessante a interação entre os personagens da Marvel e DC o quadrinho faz uma homenagem muito bonita a história das duas editoras, é citado sagas como Homem de Ferro: O Demônio na Garrafa, Crise nas Infinitas Terras, Lanterna Verde: Crepúsculo Esmeralda e diversas outras sagas de grande importância para as editoras.

 Durante o desenrolar da história quando o tecido da realidade está se destruindo os grupos vão sofrendo alterações, vemos por exemplo diversas armaduras usadas pelo Tony Stark e o Barry Allen e Wally West revesando seu papel como Flash.


 O quadrinho supre diversas curiosidades dos fãs do tipo "quem é mais rápido? Flash ou Mercúrio?", "qual é melhor arqueiro? Gavião Arqueiro ou Arqueiro Verde?" ou "quem é mais forte? Superman ou Thor", para quem gosta de ver este tipo de embate o quadrinho é um prato cheio.

 Um ponto interessantíssimo que foi abortado no quadrinho é como cada grupo enxerga o outro, a Liga da Justiça considera os Vingadores irresponsáveis por não cuidarem do mundo deles e os Vingadores consideram a Liga da Justiça ditadores por serem louvamos como deuses em seu mundo, 

 Não é um quadrinho que vai se tornar um clássico mas vale muito a pena ler, o tipo de crossover que possivelmente demorará muito para acontecer de novo, infelizmente...


Liga da Justiça / Vingadores
Roteiro: Kurt Busiek
Arte: George Pérez
Ano de Publicação: 2003
Editora: DC Comics; Marvel Comics