A Morte do Superman (Crítica)

 A Morte do Superman... um dos quadrinhos mais influentes e polêmicos de todos os tempos, essa grande saga não afetou apenas os fãs de quadrinho mas também a mídia e toda uma geração, há quem ame e quem odeie mas é inegável que essa historia abalou o mundo nos anos 90.



 Nos anos 90 o Superman tinha quatro quadrinhos: As Aventuras do Superman, Action Comics, Man of Steel e Superman, os roteiristas e desenhistas se reuniam anualmente para decidir o rumo que as historias tomariam, a grande ideia da vez era enfim fazer o casamento entre Lois e Clark no entanto os executivos da DC vetaram essa ideia porque eles queriam que os personagens se casassem no quadrinho junto com o seriado Lois e Clark que era exibido na época, foi então que por meio de varias ideias eles chegaram a decisão de matar o homem de aço.

 Por sorte do destino a mídia não tinha mais nada de interessante para cobrir portanto o anuncio da morte do Superman foi capa em todos os jornais e revistas na época, ouve uma grande comoção e protesto dos fãs, as pessoas estavam desesperadas porque o primeiro e mais importante super herói iria deixar de existir, bem, aparentemente eles acreditaram que ele realmente iria ficar morto para sempre...


 Uma vorás criatura apelidada de Apocalipse surge e destrói tudo em seu caminho, um a um os heróis mais poderosos do mundo são tombados ao tentarem combater o monstro, nem mesmo a Liga da Justiça é capaz de segura-lo, então cabe ao Superman impedir que o Apocalipse prossiga com seu rastro de destruição, o combate entre os dois é árduo e após atravessarem o país Apocalipse tomba, no entanto o impossível também acontece, Superman está morto!

 Após o Superman morrer surge quatro candidatos a vaga do herói, Aço, Superboy, Superciborgue e o último filho de Krypton, algum deles estará a altura do Superman original? Bem, essa é a sinopse básica e não vou me prolongar muito para não soltar nenhum spoiler.


 Depois de anos de espera a Panini finalmente republicou a edição definitiva de A Morte do Superman em dois volumes, sendo que já no primeiro volume se inicia o retorno do herói, é uma saga muito longa e é preciso ter um pouco de força de vontade para conseguir ler tudo.

 A Morte do Superman é muito bacana no entanto o inicio da saga do retorno é confusa e pouco interessante, os mais motivados são recompensados com uma boa conclusão da saga mas até lá é necessário um pouco de fé para atravessar páginas e mais páginas de enredos desanimadores.

 A saga está longe de ser a melhor do herói mas também não chega a ser a pior, muitas pontas ficam soltas apesar de ser uma narrativa longa mas para quem é fã de quadrinhos é quase que obrigatório ler.

 Essa foi uma época em que os quadrinhos não atravessaram sua melhor fase e a DC resolveu arriscar, na mesma época tivemos A Queda do Morcego e o Hal Jordan se tornando vilão na história Crepúsculo Esmeralda, a DC jogou suas cartas, apesar de muita gente criticar é inegável que foi um grande sucesso.

 Vale citar que A Morte do Superman ganhou uma animação e um jogo para o SNES, se tiverem a oportunidade procurem por ambas, apesar que o jogo é bem fraquinho.