Videogames x Emuladores: Qual vale mais a pena?

 Nos anos 90 os emuladores chegaram, era possível então jogar todos aqueles games clássicos na tela do seu computador, de um tempo pra cá os retro gamers também vem ganhando bastante espaço, inevitavelmente veio a grande questão: qual vale mais a pena? Videogames ou Emuladores?





 De um lado do ringue temos os jogadores de emuladores, eles são modernos, práticos e tem um acervo infinito de jogos a sua disposição, questionam os alto valores que os jogadores de videogame gastam.

 Do outro lado do ringue temos os jogadores de consoles clássicos, eles são vintage, usam televisores de tubo e gostam de soprar cartuchos, gastam muito dinheiro com antiguidades e consideram as pessoas que jogam em emuladores como erradas.

 Vamos analisar alguns quesitos e no final eu darei minha opinião geral sobre o assunto.


Custo:

 Videogames: É preciso gastar bastante com esse hobbie, afinal de contas alguns jogos se tornaram bem raros por inúmeros motivos e podem chegar a preços colossais.

 Emuladores: Não há custo para ter uma galeria de jogos, e se tiver é bem simbólica, a maior dificuldade é encontrar um bom site para baixar seus jogos, o que não chega a ser uma grande tarefa.


Jogabilidade:

 Videogames: Os jogos foram feitos exatamente para o joystick que o jogador de consoles está usando, então ele terá um maior conforto e precisão na hora de jogar.

 Emuladores: É possível adquirir replicas dos controles clássicos mas nem sempre é viável, normalmente o jogador de emuladores usa aquela replica de joystick do Playstation 2, o que muitas vezes tira a imersão real do jogo.


Qualidade Gráfica:

 Videogames: o jogo roda como foi feito para ser, sem bugs na imagem ou som, o único problema é que estes consoles não foram feitos para televisores modernos, seu jogo não vai rodar em HD, funcionam melhores em TVs de tubo.

 Emuladores: É possível melhorar a resolução dos jogos, colocar filtros e deixar a imagem mais apresentável que os jogos originais, no entanto a velocidade do jogo, o som e a imagem podem sofrer perdas, o jogo nunca será o mesmo quando emulado.

Valor comercial:

 Videogames: Cada dia que passa seus jogos se tornam mais valiosos (se forem bem conservados), se algum dia quiser passar sua coleção adiante, da pra ganhar uma boa grana.

 Emuladores: Quer vender uma coisa que pegou de graça na internet?

Acervo de jogos:

 Videogames:  Alguns jogos são mais difíceis de encontrar que o Santo Graal, então você vai se sentir um Nathan Drake quando estiver procurando seus jogos prediletos, é preciso sempre estar de olho nos sites e visitar feiras e lojas de games usados.

 Emuladores: Tudo depende de quão fundo você esta disposto a ir na internet mas da pra encontrar pacotes com todos os jogos disponíveis em todas as línguas conhecidas pelo homem, ta afim de jogar Final Fantasy em mandarim? Não duvido que você encontre...


Minha opinião:

 Acho bobo essa discussão de qual é melhor, pessoalmente eu prefiro jogar nos consoles por ter uma imersão maior, jogar o game com o som e imagem exatamente como foram feitos para ser e com o controle funcionando exatamente como foi projetado para funcionar mas eu não descarto os emuladores, eles me ajudam a escolher quais jogos eu realmente quero comprar e também uso para jogar games que custam preços absurdos ou são praticamente impossíveis de encontrar.

 O importante é não pensar apenas no valor ou quantidade e sim se divertir, afinal de contas os jogos foram feitos para serem jogados.

 Que o amor reine no mundo gamer e que aja menos ódio nesses coraçãozinhos. :)